Saiba o quanto é normal e quais práticas contribuem para o aumento de fios perdidos

Perder cabelo é tão normal para os seres humanos quanto a troca de pele de uma cobra ou o crescimento da cauda de uma lagartixa.

Nem todas as pessoas ficam 100% carecas, mas diariamente perdemos uma grande quantidade de fios. Os que se exibem com madeixas mais compridas têm a percepção de perder mais, mas isso não é real.

Os de cabelo curtos perdem tanto quanto, porém não é possível acham um tufo de fios no ralo do banheiro toda a vez que lavam os cabelos. Afinal, eles passam direto.

Segundo o sítio Medial News Today (MNT), a média de perda de cabelos é de 50 a 100 fios por dia. E isso é bom, pois faz parte do processo de renovação do cabelo. Além disso, se lembramos de que cada um tem de 80 mil a 120 mil fios, o número nem parece tão alto assim.

De acordo com o portal, um estudo científico de 2017 descobriu que 8% a 9% do total de fios estão em processo de queda, ou seja, entre 6,5 mil e 11 mil fios estão quase prontos para dizer adeus ao coro cabeludo.

PRÁTICAS QUE PODEM TURBINAM A QUEDA NATURAL

Já falamos sobre algumas coisas que podem auxiliar na queda dos 8% de fios anciãos, mas existem práticas rotineiras que muitas pessoas desconsideram como formas saudáveis de manutenção do cabelo.

O MNT cita outro estudo, um de 2018, no qual os pesquisadores encontraram que 40% das mulheres apresentam perda excessiva de cabelo no processo de estilização do cabelo.

Práticas como penteá-lo constantemente, lava-lo e seca-lo com toalha contribuem para que as quantidades de fios perdidos sejam maiores. Tintas para cabelo, chapinhas e máquinas para cachos também podem aumentar a quantidade de fios perdidos.